Início do Horário de Verão 2018 segue com impasse | JC Online

Início do Horário de Verão 2018 segue com impasse




O Ministério da Educação (MEC) solicitou ao presidente Michel Temer e à Casa Civil que o início do horário de verão 2018 seja adiado. Este ano o horário já começaria mais tarde, um domingo após o segundo turno das eleições, a pedido feito pelo TSE – Tribunal Superior Eleitoral, no ano passado. Na ocasião o TSE alegou que desejava reduzir a diferença entre a apuração nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e a apuração no Nordeste, parte do Norte, e ainda no Acre e sudoeste do Amazonas, onde a diferença, com o horário de verão, chega a 3 horas do horário de Brasília.

Já o pedido do MEC, nesta semana, se deu pelo fato de a nova data escolhida, após o pedido do TSE, ter coincidido com o primeiro dia das provas do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio, justamente no dia 4 de novembro.

Segundo o MEC, o fato de os relógios precisarem ser adiantados em uma hora poderia confundir os candidatos. Até o momento, o Governo Federal não respondeu se fará essa segunda modificação.

 

Calendário do horário de verão

Se nenhuma modificação for feita, o horário de verão começará à 0h do dia 4 de novembro e terminará em 16 de fevereiro de 2019.

Com isso, o período do horário de verão de 2018 e 2019 já terá 15 dias a menos, terminando no terceiro domingo de fevereiro do próximo ano. Segundo balanço do ONS, o Operador Nacional do Sistema Elétrico, entre 2013 e 2016, o valor da economia com o horário de verão caiu de 405 milhões para 147 milhões de reais, uma redução de 63% na economia de energia elétrica.

O Ministério de Minas e Energia chegou a discutir o fim do horário de verão. O argumento é que o consumo não é mais tão influenciado pela luminosidade, mas pelo calor, com o aumento do consumo nos momentos mais quentes do dia.

Neste ano, municípios dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal precisarão adiantar os relógios em uma hora.

 

ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio deste ano acontecerá em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro.

04/11: 45 questões de linguagens, 45 de ciências humanas e redação.

Duração: 5h30

11/11: 45 questões de ciências da natureza e 45 de matemática.

Duração: 5h

 

Abertura dos portões: 12h

Fechamento dos portões: 13h

Início das provas: 13h30

Encerramento das provas: 19h (primeiro dia) e 18h30 (segundo dia)