Prefeito Josimar Salles desmente boatos e garante o carnaval em 2019 | JC Online

Prefeito Josimar Salles desmente boatos e garante o carnaval em 2019




Em reunião com dirigentes das escolas de samba de Três Rios, o prefeito Josimar Salles desmentiu boatos e garantiu a estrutura para o desfile do carnaval 2019.

Apesar de todas as dificuldades encontradas desde o primeiro dia de governo, a Prefeitura de Três Rios vem conseguindo manter a tradição do carnaval trirriense. A atual administração cortou apenas os grandes shows que oneravam significativamente os cofres públicos.

Os investimentos foram reduzidos em cerca de 50% - o que representa aproximadamente R$ 1 milhão em economia por ano -, porém mantendo a qualidade da festa e a presença do público, aplicando a maior parte dos recursos na estrutura para os desfiles das escolas de samba e blocos carnavalescos em diversos pontos da cidade. Vale destacar que os valores dos recursos destinados às agremiações carnavalescas serão mantidos, como também as arquibancadas e os barracões para a confecções das alegorias custeados pelo município. 

O carnaval trirriense é um dos principais atrativos turísticos da região e considerado um dos melhores do interior do estado do Rio de Janeiro. "Lamento que estejam usando o carnaval para gerar tumulto e confusão, com intrigas e mentiras. Desde quando assumi o governo, me comprometi com a continuidade do carnaval. Reduzimos o valor dos investimentos sem comprometer o brilhantismo da festa. Acredito no bom senso e na paixão daqueles que valorizam e trabalham o ano inteiro para o engrandecimento de nossa cultura. Prefiro deixar os boatos de lado e trabalhar para a alegria das famílias trirrienses", disse o prefeito Josimar Salles.

 

Entenda o caso

Durante esta quarta-feira (14), correu pela cidade uma notícia de que uma reunião entre o presidente da Liga das Escolas de Samba de Três Rios com representantes das agremiações carnavalesca, teria jogado um banho de água fria sobre o desfile das Escolas de Samba 2019.

No evento, que aconteceu na noite de terça (13), na sede da Casa de Cultura de Três Rios, o presidente da Liga, José Rodrigues teria informado que a proposta do prefeito de Três Rios para o próximo ano, era de não dar barracão para as escolas construírem suas alegorias, não repassar a verba da venda das arquibancadas, e as escolas não teriam direito às barracas de bebida e alimentação instaladas na avenida. 

Por outro lado, o presidente da Liga das Escolas de Samba, José Rodrigues, afirmou na tarde desta quarta que nada disso foi tratado na reunião. Segundo ele, o que foi passado foi a sua saída da presidência da liga, deixando o cargo para quem se interessar em pegá-lo. Ainda segundo Zé Rodrigues, não há mais possibilidade de ele se manter no cargo, apenas ajudar no que for preciso. Ele alega que as inúmeras preocupações e dívidas de algumas escolas o teriam motivado a deixar o cargo.