Prefeitura afirma que nova empresa de ônibus já está operando em Paraíba do Sul | JC Online

Prefeitura afirma que nova empresa de ônibus já está operando em Paraíba do Sul




A prefeitura de Paraíba do Sul devolveu os ônibus da empresa São Salvador, que teriam sido comprados com financiamento do Fundo de Desenvolvimento de Campos (Fundecam), à cidade de Campos. Os veículos estavam operando na cidade após chamamento público em substituição a Viação Paraíba Ltda, impedida de continuar operando no município após determinação do executivo.

Desde sábado (23), segundo a prefeitura, a terceira empresa colocada, Cooperativa dos Trabalhadores em Transporte Coletivo de Passageiros, Fretamento e Turismo do Município de Nova Iguaçu e do Estado do Rio de Janeiro Ltda (CTTC), iniciou a prestação de serviço no município. 

Segundo nota divulgada pelo executivo, no sábado (23) o governo reconheceu que os ônibus, que estavam em Paraíba do Sul, foram comprados para rodar em Campos. “Acontece que tais ônibus foram adquiridos mediante financiamento do Fundo do Município de Campos e não poderiam ser utilizados fora do território do Município de Campos dos Goytacazes, o que não era do nosso conhecimento”, diz o documento. O governo informou ainda que a tabela de preços, com média de tarifa de R$ 2,80, está mantida, assim como o quadro de horários que foi divulgado nos últimos dias.

O advogado João Augusto, que representa a Viação Paraíba, entrou com uma ação na justiça no início da semana passada e aguarda a decisão do juiz, que deve sair nos próximos dias, solicitando uma liminar para o retorno da empresa a prestação de serviço de transporte público em Paraíba do Sul. 

O Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) de Campos também se manifestou, novamente, e disse que fez uma vistoria nos ônibus da empresa, que estava prestando serviço em Paraíba do Sul de forma irregular. “Constatamos que os ônibus, adquiridos pelo Fundecam e que supostamente estariam em circulação em outro município, retornaram para Campos. Segundo o presidente do IMTT, Felipe Quintanilha, os fiscais vistoriaram todos os veículos da empresa para que os carros voltem a atender completamente as linhas municipais o mais breve possível”, diz a nota. Ainda de acordo com Quintanilha, nesta terça-feira (26) o IMTT se reúne com todas as empresas do Consórcio União para definir os itinerários de cada uma delas. 

Em nota emitida no sábado (23), a prefeitura de Paraíba do Sul informou que foi levada a executar diretamente o serviço de transporte coletivo de passageiros no município, e para tal, promoveu processo de dispensa de licitação por emergência para locação de ônibus, visando a obediência ao princípio da economicidade e buscando a proposta mais vantajosa para a administração pública. A prefeitura ressaltou que era desconhecido que os ônibus contratados foram adquiridos mediante financiamento do Fundecam e que não poderiam ser utilizados fora do território do município de Campos. Ainda de acordo com o executivo, assim que a questão veio à tona foram tomadas as providências legais para sanar tal situação e os veículos foram encaminhados de volta para o município de Campos.