Prefeitura de Paraíba do Sul abre licitação para nova empresa de ônibus | JC Online

Prefeitura de Paraíba do Sul abre licitação para nova empresa de ônibus




Foi publicada no dia 03 de outubro, no Diário Oficial do Município de Paraíba do Sul, a minuta de abertura do processo licitatório para uma nova empresa de ônibus operar na cidade, passando então a ser responsável pelo transporte de passageiros.

A licitação ocorrerá no dia 06 de novembro, às 08h e 30min, e as empresas interessadas em disputar já podem retirar o edital na Secretaria Municipal de Compras e Licitações, que fica localizada na Rua Visconde da Paraíba – Nº 11 (Prédio da Prefeitura), e funciona de segunda à sexta-feira, das 08h30min às 18h.

A licitação do transporte coletivo será uma grande vitória para a população sul-paraibana, afinal desde 2012 ela vem sendo exigida pelo Ministério Público, e há anos reivindicada pelos moradores, porém semrpe foi.  

“Há seis anos a prefeitura é multada diariamente por não cumprir uma decisão judicial e fazer a licitação do transporte. O termo permissionário da empresa que atuava na cidade era precário e os veículos estavam colocando em risco a vida da população. Tomei uma medida firme, dolorosa, mas necessária. A prefeitura assumiu o transporte provisoriamente pra ter tempo hábil de realizar a licitação e nossas expectativas são as maiores possíveis na vinda de empresas com qualidade e que atendam nossa população com segurança e conforto”, disse o prefeito, Doutor Alessandro.

A situação do transporte público no município se complicou em junho deste ano quando, após uma greve de funcionários da Viação Paraíba Ltda, que prestava o serviço na cidade, foi impedida de operar. A empresa já vinha sofrendo com inúmeras reclamações e vários acidentes envolvendo seus veículos.

Por uma semana a população ficou sem transporte público, levando a prefeitura a contratar uma empresa emergencialmente para normalizar a situação, porém, a empresa foi obrigada a deixar a cidade após o MPRJ constatar que os veículos haviam sido comprados pela prefeitura de Campos dos Goytacazes, para operar exclusivamente naquele município. Desde então uma nova empresa está na cidade, mesmo assim as reclamações com o estado precério dos veículos e a falta de horários suficientes são corriqueiras.